Ir direto para menu de acessibilidade.

ConectaIF - Faltam

Contagem Regressiva
Página inicial > Últimas Notícias > IFB assina acordo de cooperação com empresa para o treinamento de profissionais
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFB assina acordo de cooperação com empresa para o treinamento de profissionais

  • Publicado: Quinta, 06 de Outubro de 2016, 17h07
  • Última atualização em Quinta, 06 de Outubro de 2016, 17h20


Além de exposições, palestras, oficinas e várias outras atrações, o Conecta IF também é o momento de fechar parcerias entre o Instituto Federal de Brasília (IFB) e entidades que colaborarem com o trabalho desenvolvido na instituição.

Nesta manhã (6), o Reitor do IFB, Wilson Conciani, assinou acordo de cooperação com o diretor regional da empresa Huawei, Fushuoran, para o treinamento de profissionais no instituto. O objetivo é tornar o IFB uma referência na formação de técnicos para atuarem com os produtos e tecnologias da Huawei.

Primeiro serão formados os professores da instituição e, em seguida, os estudantes. O treinamento será ofertado no Campus Taguatinga. Além da formação, o acordo prevê a doação de equipamentos de infraestrutura de TI por parte da Huawei e descontos na compra de outros produtos da empresa.

Durante a reunião, foi destacado a importância do acordo para o IFB e dos investimentos em educação e tecnologia.

Parcerias no Conecta IF 

Nesta quinta-feira, Conciani aproveitou a agenda de reuniões para agradecer às empresas parceiras que colaboraram com a realização do Conecta IF. Estiveram presentes os representantes da Hewlett-Packard (HP), Flávio Póvoa, Eduardo de Paula e Marco Aurélio, e do Grupo Inovva, Rogério Paiva.

 

Outras parcerias

Representantes do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) também se reuniu com a diretora da Organização de Estados Iberoamericanos (OEI) no Brasil, Adriana Weska, para estabelecer mais parcerias dentro do Institutos Federais. Este ainda é o primeiro passo para futuras negociações entre o IFB e a OEI.

Com isso, o instituto pretende para adquirir novas experiências no currículo do IFB, além de trabalhos na área científica e tecnológica.

registrado em:
Fim do conteúdo da página